terça-feira, 21 de junho de 2011

Trecho extraído da Revista Veja, edição 2218, de 25/05/2011, na página 60:

"Negócios Estranhos

O Ministério da Previdência, comandado pelo peemedebista Garibaldi Alves, está preparando uma estranha licitação para contratar uma empresa que fará a averbação dos pedidos de crédito consignado dos pensionistas. E qual é o problema? Hoje, esse serviço é feito pela empresa de processamento de dados do ministério, a Dataprev, que cobra dos bancos 70 centavos por averbação. A empresa privada escolhida na licitação cobrará 2 reais pela mesma tarefa."

Para visualizar a mensagem na revista, basta acessar o endereço:
http://veja.abril.com.br/acervodigital/
Ou diretamente em:
http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/governo/negocios-estranhos/

Eu já trabalhei na Dataprev... Têm muitas pessoas bastante competentes, e vontade de trabalhar... Uma pena ter que presenciar esse tipo de notícia... Espero que essa licitação acabe sendo ganha pela própria Dataprev, senão será um daqueles acontecimentos que envergonham a todos os brasileiros...